Rabujah

Rabujah

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Cada vez que eu pego um disco para ouvir, eu rezo para que eu desaprenda tudo, tudo o que eu aprendi sobre música. Depois de muito tempo descobri que perder as referências pode nos despir para novos prazeres, mas o poder da sobriedade humana nos prende em infinitas memórias e cascas. Estabelecer-se como um crítico é envelhecer sobre cascas cada vez mais duras e desconfortáveis para aqueles que esperam um abraço verdadeiro para sua arte. Vou seguindo livre, ignorando as referências e entrando cada vez mais no mundo da crítica sensitiva. E hoje, encontro-me mais uma vez tocado pela arte de um amigo, de um artista grande, cheio de emoções.

Depois de passar lindamente pela musicoteca em 2011 com o seu disco O Que Meu Samba Tem, Rabujah volta renovado, incrível. Um compacto para desnortear os caçadores de influencias. Uma introdução responsável para sua nova direção musical, adiante, onde o bom gosto é ponto de partida e chegada. Uma paisagem pintada a mão para quem consegue realmente viajar dentro da boa música. Um disco eletrônico. Um disco orgânico. Um disco de amor. Um disco de pessoas. Um disco de estórias. Um disco de fatos. Um disco pop. Um pop responsável. Tudo feito em casa, onde as coisas realmente usam os ingredientes do prazer. Notável.

Acompanhando e pressionando a entrega do álbum, Rabujah nos fez esperar a gestão de sua beleza. Com todos os anseios e expectativas nasce Quarto e Sala. Impossível não sorrir ao ouvir sua obra. Um exagero de musicalidade que correspondo compulsivamente com elogios. Penso que, se alguém gostar desse disco, também gosta um pouco de mim, e vice versa. Acredito que no mundo da música os encontros são por sensações, e não importa como o tom possa soar, parados ou dançando, perto ou longe, estaremos exatamente no mesmo lugar. A música nos proporciona romper as barreiras, o silêncio e as histórias. E é exatamente assim que me sinto hoje, livre, novo. Um desprovido crítico em seu novo lugar, Quarto e Sala.

Mais informações:
Site do Rabujah
twitter do @JulianoRabujah
facebook do Rabujah

Quarto e Sala – 2013
Quarta e Sala
1. Exatamente Isso
2. A Moça do Café
3. Brinquedo de Papel Michê
4. Quarto, Sala e um Cachorrinho

http://www.amusicoteca.com.br/wp-content/plugins/downloads-manager/img/icons/default.png Download: Rabujah - Quarto e Sala - 2013
Adicionado: 11/09/2013
Baixado: 3658 vezes
Aviso: Todas as obras disponibilizadas e distribuidas neste site são gratuitas e autorizadas por seus autores.

O Que Meu Samba Tem – 2011

01. O Quem Meu Samba Tem
02. Suma
03. Direito ao Assunto
04. Cleyton Cult
05. Sou Ninguém
06. Essa é Pra Nana
07. O Sonho de Maria
08. Valsa Barizon
09. Deixa Cair
10. Nada Que Mais
11. Se Puder Me Ouça

http://www.amusicoteca.com.br/wp-content/plugins/downloads-manager/img/icons/default.png Download: Rabujah - O Que Meu Samba Tem - 2011
Adicionado: 24/10/2011
Baixado: 2545 vezes
Aviso: Todas as obras disponibilizadas e distribuidas neste site são gratuitas e autorizadas por seus autores.

Web Mota

Idealizador da musicoteca. Mineiro vivendo em São Paulo, graduado em propaganda e marketing. Trabalhou com branding e marketing. Web é coolhunter e dedica-se a pesquisa da nova música brasileira há mais de 10 anos.

    • Igor Marques
    • dezembro 4th, 2013

    Tua voz lembra a voz do José Luís Braga da Grave!

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  1. Muito honrado e grato por ser lembrado e citado aí, irmão!! Sucesso todo pra ti!!

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  2. Fantástico o texto! Parabéns a vc e ao Rabujah! Cada um com sua Arte.

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  3. lindos amores meus… como nao se encabular e se emocionar?

    também tem entrevista no banda.desenhada: http://www.bandadesenhada.com.br/

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  4. sempre é tempo de recomeçar :)

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
    • Isadora Capelo
    • setembro 12th, 2013

    O disco ainda não ouvi, mas o texto em deixou com água na boca. Lindo!

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  5. Novos prazeres sensoriais são sempre bem-vindos.
    Parabéns, Rabujah! Seu disco novo tá lindo! =D

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
    • Gisely Paulino
    • setembro 12th, 2013

    Delícia sonora! As melhoras energias pra esse "filho" – que prospere! Grande abraço

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  6. Bom demais

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  7. Muito bom !!

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
    • Karyo Freire
    • setembro 12th, 2013

    maravilhoso <3

    add_filter( ‘avatar_defaults’, ‘fb_addgravatar’ ); }
  1. No trackbacks yet.